A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

25 maio, 2008

Meias-Tijelas...

"O candidato à presidência do PSD Pedro Santana Lopes classificou hoje José Sócrates como um 'socialista de meia-tigela' e acusou-o de falta de sensibilidade social para com as situações de fome que se registam em Portugal."

in ' TSF '




Não se acanhe, sr. Lopes. Chame aos bois pelo nome! De merda, é que é. Socialista de merda! E grossa, diria eu!...

E não tema pelo desagrado que possa causar no padrinho político dessa metade de tijela. O sr. Santos, Almeida de seu nome. Que esse anda entretido aqui pela Braganzónia a comprar tudo quanto é imóvel de valor a preço de saldo, a coberto do amigo Vara e de outro meia-tijela, um tal Morais, que por acaso não é o da UNI, e cuja última aquisição, depois dos antigos edifícios de outros bancos, BNU, Totta e Caixa Agrícola, acaba de ser o edifício do hotel/cinema da defunta Torralta. Propriedade antiga do Montepio Geral...

E vão quatro... Para além de outros que não eram [de] Bancos...


34 comentários:

MPS disse...

Caríssima PV

A isto é que se chama regressar em força!

Ainda me lembro quando, em campanha eleitoral, ouvi esta frase ao da meia tigela: "não peçam a um socialista que vire a cara quando vê um pobre!" Palavra de honra que gostei. Hoje tenho que lhe perguntar que escola de teatro frequentou...

Hoje, também, lembrei-me que já existiu outro socialismo estranho, o "Nazionalsocialism". Por isso, já não sei se estamos perante um socialista de meia tigela, se perante um socialista de merda, ou perante uma versão mitigada de outros socialismos. Também na Alemanha Nazi, os ditos abocanhavam o público e o privado com o apanágio das autoridades que eram os amigos. Incólumes!

Um abraço

J. Stocker disse...

Amiga PV

Temos que lhe trocar o "P" por um "R" de Rinoceronte, seria mais adequado, investe a direito, e em grande força!
Valente Transmontana, somos todos cordeirinhos, mas penso que vamos dentro de pouco tempo, por um corno no meio da testa e começar a marrar a direito e em força.
Precisamos de um Chefe!

Um abraço

Anônimo disse...

...e as coisas continuam a piorar a olhos vistos!
Espero que quando vier nova revolução, não seja de cravos ou qualquer outra flor ou hortaliça, mas sim de metal pesado, para acabar com os cancros deste miserável país, que só assim se poderá vir a salvar.

Cumprimentos para todos, e um especial beijinho para a PV do

PASTOR TRANSMONTANO

Zé disse...

O que nunca entendi no “nosso jornalismo” é a incapacidade de seguir o dinheiro …

meg disse...

Minha amiga Porca,
Assim, sim, já te reconheço!
E que nunca as mãos te doam.
E de tal maneira te encontro que perdi a coragem de te dizer ao que vinha.
Deixa lá, fica para logo à noite que pela tarde não está cá.
Feliz por te ver com essa "estaleca".
Um Xi pa ti

poesianopopular disse...

Amiga PV
Eles come�am a degladiar-se,e isso � bom, porque nos facilitam a tarefa.
Uma vez mais se prova que os tempos de crise, s�o prop�cios aos corruptos oportunistas, e moralistas de fachada, que fizeram ninho dentro deste partido (socialista).

Porca da Vila disse...

MPS,

Deste estranho socialismo ao centro há muito que não gosto, e não me admira nada que o meia-tijela venha a ter uma surpresa em 2009. Pode ser que então a arrogância caia e ele aprenda a ser um pouco mais humilde.

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá J. Stocker,

Nem será preciso tanto! Basta que o Povo deixe de ser burro de uma vez por todas e passe a não confiar mais o voto em quem o engana!

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Pastor,

Penso ser tarde agora para revoluções à moda antiga. Os tempos são de total submissão aos grandes interesses económicos que dominam o poder político instalado. Revolução, a fazer-se, só pelo voto. Coisa que até nem é difícil. O problema é que o Povo nunca mais aprende!...

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Zé,

Falta de olfacto será talvez, meu caro. Ou de interesse em, como diria alguém que eu conheço e o Zé também.

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Meg,

'Al mal tiempo, cara al viento', como dizem os espanhóis! É preciso fazer ver a esta cambada pseudo-socialista que o Povo que enganaram está revoltado e os vai obrigar em breve a fazerem as malas!...

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Manangão,

Infelizmente sempre foi assim e o cenário repete-se. Nada como uma crise séria para que logo apareçam bandos de ladrões e especuladores. A estes, agora, temos que somar o governo PS. Outro bando...

Xi Grande

rendadebilros disse...

Que prazer ver-te e ler-te... amim não me vêem muito bem que ando atolada em papéis... como vem sendo cada vez mais hábito...

Então essa gente soma e segue... com as bênçãos ... do "alto"...

Beijos.

MPS disse...

Não resisto a transcrever para aqui excertos do artigo "Hediondo Sorriso" que Baptista Bastos escreveu, hoje, no DN:

“Há dias, no Parlamento, assistimos a um episódio repulsivo: ao sorriso escarninho de Sócrates, quando Santana Lopes se referiu ao problema da fome em Portugal. Independentemente do que possamos pensar das duas personagens, concentremo-nos no facto em si. Sócrates perdeu, em definitivo, o perfil de homem de Estado. Não respondeu, esgueirou-se numa retórica fatigada e fatigante - e sorriu, como se o problema lhe não dissesse respeito, e o Governo não fosse o fundamental instrumento da mediação.
(…)
Não subscrevo a grosseria de Santana Lopes quando o apelidou de «socialista de meia-tigela»; mas aceito qualquer outra declaração sobre o facto de que o homem não é socialista nem tem nada a ver com socialismo. Falta-lhe grandeza, educação social e política, sensibilidade, falta de prospectiva, capacidade de criar uma relativa igualdade entre as pessoas, admissão das razões do outro - transparência sem ambiguidade e clareza sem ambivalência.
(…)
A diferença entre a expressão legítima de um socialista e a conduta de quem se diz tal, torna claros os arbítrios sob os quais temos vivido. E muito nítidos os hediondos sorrisos de Sócrates.”

Um abraço e desculpe se lhe encho a casa com a prosa de outros.

Carminda Pinho disse...

Ao que isto chegou...e a verdade é que foram muitos de nós que lá os pusemos...bolas!
Por acaso esse Morais de que falas, não se chama António?
É que tenho cá uma ideia e, é para me situar.:)

Beijos

Marreta disse...

Ai o malandreco anda pela reserva na especulação imobiliária?
O "menino" não se perde, quem se perde somos nós que temos de os aturar e, no meu caso, mesmo sem o querer.
Saudações do Marreta.

meg disse...

Minha querida e abandonada Porca!
Só hoje e depois de um breve descanso no H.otel, recomecei hoje, agora, a visitar os meus amigos com quem estou em falta.
O que me vale é que quando estou ausente posso entrar nos blogues e ler os posts através do telemóvel.
Quanto à situação que relatas, minha cara amiga, isso está-lhes no sangue. Eles comem tudo e o mal é que nós temos deixado.
E sabes porquê?
Porque foi preciso chegar a miséria à boca de milhões, e de uma parte significativa de gente a trabalhar.
Chegou e não veio de passagem... instalou-se.
Eles? Eles nem sabem que existenm pobres, minha amiga. Nem sabem o que isso é.
Nem o Cesariny seria capaz de se desembrulhar com uma situação destas.
Olha, vamos esperando e tentando intervir sempre que houver, não motivo, mas oportunidade para tal.
Um grande xi pa ti.

Jorge P.G disse...

Desconhecia que Sua Eminência Parda A. dos Santos andava agora a atacar pela Braganzónia.
O tipo mais sinistro da política portuguesa tem aí uma boa vara para se alcandorar ao topo do reino dos espertalhaços, sim senhor...

Saudações.

rendadebilros disse...

A terra ainda vai ajudando muitos a pôr uma sopa na mesa... mas as condições não atraem os mais novos na verdade!!! Já há quem vaticine que a ela virão ter que voltar quer queiram quer não...
Bom domingo!

Chanesco disse...

Eu até diria que é socialista de tijela e meia
Já sorveu a dele e metade da do partido imediatamente à direita. Desta maneira o PSD está a passar fome. Como diz o ditado: casa onde não há pão ...
Com esta situação a criar atritos internos, vê-se assim impossibilitado de poder reagir e não tarda nada alguns dos seus "filhos" serão obrigados a sair de casa para fazerem pela vida.

Porca da Vila disse...

Renda,

Somam, sim... e nós a vê-los somar!

Xi Grande
[Força com esses 'papéis'. Dá-lhes forte!]

Porca da Vila disse...

MPS,

Não tem que pedir desculpa. Eu é que devo agradecer-lhe por ter-nos trazido a crítica acertada do BB, com quem estou plenamente de acordo.

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Carminda,

O indivíduo em questão chama-se Vítor Morais, é o concessionário da motas Honda no distrito [Motomorais] e dono de uma casa de artigos de desporto [Desportos Morais], em sociedade com o pai e um irmão.

Verdade ou não, certo é que por aqui se garante que por detrás dos recentes negócios imobiliários do rapaz estará um grupo de gente afecta ao PS dominado por Almeida Santos, que já antes esteve aqui envolvido na aquisição do antigo BNU, propriedade da CGD, juntamente com Armando Vara e o actual governador civil, que na altura foi quem deu a cara. O edifício veio mais tarde a ser comprado pelo tal Vítor Morais...

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Marreta,

Esta gente aproveita tudo para encher os bolsos. E aqui as coisas sempre dão menos nas vistas do que em Lisboa...

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Meg,

Bom ver-te de volta. Quanto ao resto, esta gente já há muito que perdeu a vergonha, as negociatas multiplicam-se, e tudo é feito já de forma pouco disfarçada. Cabe ao povo acabar com isto em 2009. Veremos...

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Jorge,

Estas negociatas do AS com o Vara já são velhas. Começaram há uns anos atrás com a construção de um edifício muito polémico em Monte Gordo, em que o testa de ferro foi um antigo 'croupier' do casino de Monte Gordo que é aqui da Braganzónia e amigo muito íntimo do Vara. O edifício é ao lado do Hotel Vasco da Gama, e é o único que se construiu entre a marginal e o mar para além do Hotel e do Casino, em área já na altura classificada como REN. Daí a polémica, agravada pela facilidade com que 'alguns' conseguiram contornar a Lei.

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Renda,

A terra é a solução pela qual terá de passar o futuro deste país. Deste, como de qualquer outro, a não ser que se descubra por aí petróleo num sítio qualquer. Não vejo bem de que outra forma possamos ter algum futuro decente...

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Chanesco,

As perspectivas continuam a não ser famosas. Pode ser que me engane, mas não me parece que o PSD, agora com a MF Leite, seja capaz de fazer sombra ao PS. Até porque as divisões dentro do partido ficaram agora mais evidentes. Quem está a lucrar com isto tudo é o meia-tijela...

Um Xi Grande

rendadebilros disse...

E a overdose - quem viu TV!!! - a que já foram sujeitas as pessoas e ainda não houve um jogo a sério... é uma pobreza de espírito: que jogassem, que transmitissem os jogos, tudo certo, mas sem este exagero ... ... mas parece que somos poucos a achar isto demais... até foram recebidos pelo PR antes de partir... e a chegada à Suíça? ... eu nem quis acreditar nas imagens que passaram nas notícias...
Boa semana. beijos.

meg disse...

Pronto, é hoje, rica Porca!
Não resisto a pegar no comentário da Renda.
Eu ouvi e vi com estes dois que a terra há-de comer, e não acreditava no que via. Em que país estamos? Em que século? E se ganhássemos? Sim, porque parece que ninguém disse áquelas pessoas em transe que "PORTUGAL VAI JOGAR COM OUTRAS EQUIPAS".
O que se passou cá é muito difícil de entender, e estou a falar dos órgãos de informação, especialmente a tv, RTP1 porque são os principais responsáveis pelo visionamento de imagens de comportamentos no mínimo aberrantes e deprimentes! Este é o povão sem poder de compra?
E sem falar nos 40.000 bilhetes já vendidos para o concerto da Madonna que há-de vir em Setembro!
9 horas numa fila, de Faro a Trás os Montes.

ENQUANTO ISSO, COM O POVO DISTRAÍDO E MUITO DIVERTIDO, andamos por aqui a falar em pobreza, em fome...
Quem me sabe explicar?

Do que se passou na Suiça, prefiro fingir que não vi nada, nem os panos negros... ao que chegámos!

E agora se quiserem podem bater-me, porque já desabafei e disse exactamente o que sinto... MUITA VERGONHA DE SER PORTUGUESA.

É que já senti o mesmo mas há tantos anos que pensei que era assunto ultrapassado...

Se ofendi alguém peço desculpa, e a ti, Porca, principalmente porque este lugar é teu e eu respeito-te muito.

UM GRANDE XI PA TI!!!!

aDesenhar disse...

Se o Xuxalista Santos já anda por essas bandas, não tarda a sobrevoar a minha parvónia!
Vou já lançar um SOS, para que o património local não caia nas mãos desses abutres!

Porca da Vila disse...

Renda,

Temos ainda muito que aprender. Com os espanhóis, para não ir mais longe. Que diferente é o tratamento dado na TVE à selecção espanhola, completamente o oposto da palhaçada que por cá se tornou hábito armar a este propósito...

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Meg,

As imagens que vi hoje nos noticiários deram para imaginar bem o que se terá passado nos últimos dias. Cá e lá fora! Quanta parolada, santo Deus! É incrível como aquela gente se põe histérica daquela maneira sem pensar sequer que os outros também têm pernas para correr atrás da bola! Parecemos os senhores do mundo e afinal nunca ganhamos nada! Não há pachorra que aguente!

Xi Grande

Porca da Vila disse...

adesenhar,

Anda, e já não é de agora. O tal Morais é que só recentemente entrou no 'bando'!

Xi Grande

Retratos