A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

05 abril, 2008

Pobres, burros... e maus!

Na última Cimeira Ibérica, realizada no início do ano em Braga, José Sócrates declarou que iriam de imediato ser tomadas medidas para acabar com a vergonhosa actuação das polícias Portuguesas junto dos cidadãos Espanhóis que, residindo em Espanha, todos os dias se deslocam para o seu local de trabalho em Portugal em veículos naturalmente adquiridos e matriculados no seu país.




Pensando eu ter ficado esta questão arrumada depois da dita Cimeira, eis que acabo de ver com espanto a TVE-1 denunciar mais uma vez no seu 'Telediário' esta situação perfeitamente aberrante. Fica agora a saber-se que em Portugal até agora nada foi feito em termos legislativos, e que as zelosas Polícias deste país de merda continuam afinal a multar sem cerimónia os cidadãos Espanhóis, na sua maioria Médicos, que do outro lado da fronteira aqui nos vêm ajudar a tapar os buracos que os merdosos que nos governam se mostram incapazes de tapar.

Continuamos assim a sujar, desnecessária e vergonhosamente, as mãos com a merda de umas quantas multas de 170 Euros com a justificação da obrigação legal de as viaturas em questão deverem ser legalizadas e matriculadas em Portugal. Coisa que cá representa, para uma viatura de gama média, o dispêndio de cerca de 9.000 Euros, em lugar dos cerca de 1.300 que operação semelhante lhes custaria em Espanha...


22 comentários:

Meg disse...

Ó minha Amiga Porca, isso não é nada, já há outra mais recente...
Tu não tens filhos e "como não há neste brilhante país crianças a precisarem de ser adoptadas... QUERES ADOPTAR,(UM LUXO,CLARO!) ENTÃO PAGAS 576 EUROS PARA NÃO TE ARMARES EM BENEMÉRITO.
QUERES MELHOR????

Tenta sobreviver...
UM XI PA TI

MPS disse...

Caríssima PV

Há coisas - a que contou, como a que a Meg contou e como tantas outras - difíceis de entender. Valha-nos a nossa capacidade de indignação.

Um abraço

Carminda Pinho disse...

E porque será que a CS continua insistentemente só a falar nos telemóveis, e a partir de hoje só no FCP?

Beijos

Porca da Vila disse...

Meg,

Aí está mais outra medida brilhante deste governo, apenas para caçar mais algum dinheiro aos cidadãos. Estes gajos só vêem dinheiro à frente!

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá MPS,

Escusávamos bem de passar por estas vergonhas aos olhos dos Espanhóis, mas a cambada cor-de-rosa cega-se por dinheiro!

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Carminda,

A esses interessa-lhes estar de bem com o Poder... ajudando a desviar a atenção do Povo das questões verdadeiramente importantes!

Xi Grande

Ka disse...

Caríssima Porca,

Passei aqui só para te dizer:

Pooooorrrrrttttooooo! :D

Um xi azulão!!!!! e uma excelente semana

poesianopopular disse...

Esta é, mais uma das muitas contradições desta Europa que nos querem impingir, e que alguns como eu recusam.
O que mais me entristece é as pessoas não se aperceberem de todo o esquema, para que continuemos a ter mais do mesmo.
A grande maioria dos portugueses têm medo de assumir-se e de serem frontais, com quem os pretende enganar.
O grande problema é que este partido que nos DESgoverna contém dentro se si o mal e a caramunha.
Abraço
José Manangão

Meg disse...

Porca, andas tão caladita, tá tudo bem? Aiaiaiaiai!!!
Adiante
Mas também não é preciso estar a dizer mal de tudo... abortar é de borla, cá está, veio de Espanha!!!

Porque não vêm outras benesses?

UM GRANDE XI PA TI

rendadebilros disse...

Money... s� v�em money... acho que devem ter uma sombra do ministro das finan�as a ter pesadelos desta esp�cie... Eu, se fosse ao Zapatero, resolvia o problema num �pice: aqueles trabalhadores que v�o ganhar o dinheirinho na constru�o civil em Espanha, porque em Portugal lhes fecharam f�bricas e os empreiteiros andam sem trabalho para dar que ningu�m compra casas- que tanto apertam o cinto a toda a gente, tudo pensauas , mil vezes antes de comprar seja o que for! - ...multava-os a todos tamb�m. Acontecia como com a carta do Mantorras, quando amea�aram l� para Angola que iam fazer o mesmo aos portugueses, resolveu-se tudo num abrir e fechar de olhos... de outra maneira, n�o entendem ah a n�o ser que lhes falem em ingl�s ... t�cnico...eu estou a falar de constru�o civil... acho que n�o serve para disfar�ar pois n�o??? Depois, h� pequenos poderes que, mesmo que saibam que as leis est�o erradas, � exactamente essas que obrigam a cumprir... � obra... ( e eu a dar-lhe!!!)
Boa semana.

Porca da Vila disse...

Olá Ka,

Venha o próximo, que este já está despachado!

Um Xi Muito Azul

Porca da Vila disse...

Manangão,

Os Espanhóis é que não têm papas na língua e não deixam escapar nada. Não tarda que o Zapatero dê um puxão de orelhas ao Sócrates, e vais ver como este assunto se resolve rapidamente!

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Meg,

Para dizer bem estão cá 'eles', que não se cansam de gabar a excelência da governação cor-de-rosa! A nós cabe-nos descobrir-lhes os podres!

[Fui visitar-te ao fim da manhã, mas não estavas...]

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Renda!

Os Espanhóis não se vingaram ainda porque são mais educados do que nós, e não precisam da porcaria de uns milhares de Euros para taparem buracos nos orçamentos das Polícias. Mas estou convencida de que a estas horas o Zapatero já aqueceu as orelhas ao Sócrates!

[O teu comentário, no lugar das vogais acentuadas e das cedilhas, tem losangos pretos com um ponto de interrogação! Deves ter alterado qualquer coisa nas definições do teu 'browser']

Um Xi Grande

Anônimo disse...

Dizes tu PV que eles só vêem dinheiro? Pudera, eles querem deixar a família rica até à 5ª geração.
E a minha paciência com estes marmanjos da política quase a chegar ao limite!

PASTOR TRANSMONTANO

Marreta disse...

Espero que em contrapartida não se vinguem neste pobre e marreta coitado que brevemente rumará a terras galegas.
Saudações do Marreta.

Porca da Vila disse...

Olá Pastor,

Quase?! Pois a minha já se esgotou há muito, e não vejo a santa hora de nos vermos livres destes abutres!

[Claro que a seguir vão aparecer outros, dos que ainda não tiveram acesso à 'gamela', e lá recomeça tudo outra vez...]

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Marreta,

Galiza?! Não me digas que vais 'levantar ferro e zarpar'! Olha que não é coisa que não me tivesse já passado pela cabeça!

Manda notícias!

Xi Grande

Chanesco disse...

Cara PV

Eu também gostava de saber se esta medida se aplica aos portugueses das zonas de fronteira que, trabalhando em Espanha, por condições mais vantajosas aí adquiriram viatura e com ela vêm diariamente pernoitar a Portugal.
Nem sequer sei se é feita alguma distinção, o que parece dificil.

abraço

Porca da Vila disse...

Chanesco,

Os Espanhóis já perceberam há muito o que quer dizer "livre circulação de pessoas e bens". Por cá, estamos ainda [estão as Polícias e os sucessivos Governos] a tentar [não] perceber!

Um Xi Grande

Mocho-Real disse...

Olha, eu nem digo nada! Já o disseste por mim...

Mer-do-sos, sim! Uns mer-das!

Abraço, irritado com estes sanguessugas de mer-da!
Jorge P.G.

Porca da Vila disse...

Jorge,

Dizes bem. Já não há pachorra que aguente tanta parvoíce!

Xi Grande

Retratos