A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

17 outubro, 2007

Mais Ricos

"Cavaco quer Portugal entre os mais ricos. O Presidente da República, Cavaco Silva, vê o próximo quadro comunitário de apoio como uma 'grande oportunidade' para o Governo e os agentes políticos se empenharem no objectivo de fazer Portugal aproximar-se do desenvolvimento atingido pelos 15 países mais ricos da Europa em 2013."




O sr. Presidente só pode estar a brincar! No tempo em que foi primeiro-ministro, teve à sua disposição tanto ou mais dinheiro dos fundos comunitários do que agora para objectivos idênticos. O resultado foi o que se viu...

21 comentários:

Carminda Pinho disse...

Ora...mas por isso está mais rico.
À conta da merda que fez, tem agora mais uma reforma para juntar às outras e, de que não abdica.
E depois venham-me cá falar de inclusão e dos pobres e o raio que os parta a eles todos, grandes fdp.
Desculpa Porca, mas ando cheia destes miseráveis.

Beijinhos

MPS disse...

Eu, para não repetir o que acima está escrito, cito o refrão de uma cantiga de amigo:

"sanhuda lh' and' eu."

Um abraço

Moriae disse...

Bolas ... se a lidar com a educação todos os dias já ando irritadiça (tb ja andei deprimida e tb já sei lá que mais), então, atentando a toda a circunstância, sinto-me perto da loucura.
Sabes, se eles não fossem tão aberrantes e tão indignos etc etc acho que já tinha dado um tiro em alguém. Resta-me não levar a sério o que dizem e fazem os atrasados mentais e pensar que sou eterna e que isto é uma fase e que me parou a cabeça mal esta m... ficou irreversível.
Não fiz sentido (de jeito) para mim, eventualmente é mais fácil "ler-se" de fora.
Detesto a maioria das pessoas porque são burras, mesquinhas e limitadas.
Foi um desabafo ... e ... sei sim que esta m... é toda vigiada ...
Abraço, amiga corajosa e ser humano admirável.
[juro que não estou com os copos! ;)]

Fónix disse...

Agora é que o investimento nos "Ferraris" e nas quintarolas vai subir exponencialmente!
Ah! Grande república de bananeiros!

Meg disse...

Porca, estão a gozar com o pagode, só pode ser... não me ocorre mais nada.
Eles tratam-nos como quê? Somos débeis mentais? Mas para lá caminhamos... já não falta muito.

Um xi pa ti

Porca da Vila disse...

Carminda,

Não tens que pedir desculpa. Já que não lhes podemos chamar filhos da puta na cara, o melhor é ir desabafando por aqui mesmo! Estás à vontade!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

MPS,

Também eu! E muito, que isto não anda nem desanda, e a paciência começa a chegar ao fim...

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Moriae,

Acredito, mas se estivesses [com os copos], para mim era a mesma coisa! Até porque sempre ouvi dizer que os amigos se conhecem 'no vinho'!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Fonix,

Isso é garantido! Sempre foi assim e não vejo que vá haver mudanças no comportamento da cambada dos tais 'bananeiros'!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Meg,

Estão [a gozar] e há muito tempo! Basta reparar que os espanhóis ganham o dobro de nós, mas os políticos em Espanha [para além de serem incomparavelmente mais honestos] ganham bastante menos do que a corja que temos por cá! Algo não bate certo!

Um Xi da Porca

J.G. disse...

Faz o que eu "bacorejo", não faças o que eu fiz!

Braganzónio apresentando-se ao serviço e deixando um escaganifobético abraço aos concidadãos da reserva.

Porca da Vila disse...

Jorge,

Escaganifobético... É um termo bastante usado aqui, e eu pensava que era exclusivo nosso!

Faz-me lembrar outro que o dono de um bar, há já uns bons vinte anos, chamava a um gelado enorme 'inventado' por ele - Extravazótico!

Um Xi

Meg disse...

E não é que deu resultado!!!
Mistério... Quem sabe!!!

Um xi pa ti

Marreta disse...

Nem mais. Nos últimos 6/7 anos temos vindo a afastar-nos cada vez mais da média europeia, mesmo com a torneira dos fundos aberta.
Esta nova mangueirada de fundos não irá certamente encurtar a distância grande (e cada vez maior) que nos separa mas provavelmente. como aconteceu em casos anteriores, encher os bolsos a 1/2 duzia de vampiros aproveitadores que sempre que possivel não desperdiça a oportunidade de dar mais umas chupadelas.

Saudações.

Porca da Vila disse...

Meg,

Mistério mesmo, que não sei bem do que falas. Tenho que ir investigar...

Um Xi da Porca

Meg disse...

Mas atenção que os Braganzíndios são danados para as partidas...

Outro xi pa ti

Porca da Vila disse...

Marreta,

Isto já não vai lá à mangueirada. À traulitada, talvez!...

Um Xi da Porca

A Elfiña dos Sonhos disse...

Boas! Garzas por pasarte polo bosque, mais estiven lendo os teus post, e confeso que a foto do anterior, o baño da cobra, quedei abraiada. En canto a politica, todos os governantes tratan de sacar tallada, aínda que teñan que levar por diante ó seu propio país.
kiños

Porca da Vila disse...

Olá 'Elfiña',

Obrigada pela tua visita, que me parece ser a primeira. Aqui serás sempre bem-vinda.

Já vi que me 'linkaste' no teu 'Bosque dos Elfos'. Agradeço, e vou também linkar-te aqui. Mas agradecia que corrigisses o nome, que não é 'Porca da Vila' [esse é o meu 'nickname'] para 'Braganzónia, pois esse, como podes ver, é que é o nome deste meu 'blog'.

[Braganzónia resulta da junção de Bragança, a minha cidade, no Nordeste de Portugal, a 15 quilómetros de Espanha, com Amazónia, imensa região do Brasil povoada por milhares de índios escorraçados pelo seu Governo, tal como o Povo da minha região é escorraçado pelo Governo de Lisboa. Por isso eu digo que a Braganzónia é uma Reserva de Indios! A Braganzónia, como eu lhe chamo, corresponde à área do Parque Natural de Montesinho, uma coisa que bem podia ser o teu Bosque dos Elfos.]

Bela terra a tua, a Galiza! Já lá estive várias vezes e sempre trouxe boas recordações!

Um Xi da Porca

Moriae disse...

És mesmo querida! Mas olha, sou meia transparente por isso, a coisa não diverge muito!

Bjinho amiga!

Porca da Vila disse...

Olá Moriae,

Visual novo?! Quase me assustava... HeHe!

Um Xi Grande

Retratos