A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

23 maio, 2007

Há 'Porca com Tomates'...


Não, não é uma daquelas receitas poucos conhecidas da gastronomia Braganzoniana. Trata-se de um 'adorno' com que o brincalhão do nosso 'Sineiro', do 'Sino da Aldeia', resolveu presentear esta vossa criada.


Se bem que bastante bizarro para mim, ver-me a partir de agora ao espelho com um par de 'Tomates', manda a boa educação que aceite, agradeça, e cumpra as regras da coisa. Isto é, que pendure os 'tomates', e que indique agora outros blogs merecedores desta... lembrança!

Que, por razões que não se explicam, são:

'Que Conversa'
'Blog da Ka'
'O Escudo'
'Marginal Zambi'
'Mentacutilante'

Um Xi Grande


[o Regulamento pode ser consultado AQUI]

10 comentários:

Different disse...

prometo não passar o dia a coçá-los :)

Ka disse...

hola guapa!

pues que no sabia que tenia un par de huevos, como se dice aqui en España!!!

Pués muchas gracias cariño por acrodarte de mi.

Un abrazo ( no sé como se escribe xi en castellano....lo) ka

Rendadebilros disse...

Enfim... andamos a ficar muito enfeitados/as ...
Eu, claro, agradeço... mas assim o meu momento de meditação vai ter que se prolongar , visto que me trocaste as voltas...ehheheehehh

Beijos.

Porca da Vila disse...

Olá Different,

HeHe... É melhor conservá-los!

A culpa é dos 'meninos' da nossa blogosfera... agora deu-lhes para oferecerem destas coisas às 'meninas'...

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Hola Ka,

Qué bién hablas tú el castellano!...

"...como se dice aquí en España..." ???

Qué raro... muy raro...

Un Xi Corazón de la Cochinica

Porca da Vila disse...

Olá RendaDeBilros,

Também tive esse problema há pouco. É que os amigos já quase todos têm a 'despensa' cheia de tomates... EhEh!

Mas, como diz o 'outro', melhor que sobrem do que faltem...

Um Xi da Porca

Moriae disse...

Mereces! Mas, entendamos a coisa como sinónimo de coragem senão ficamos "freak's" :) enfim, desde que diferentes de aberrações como as que nos desgovernam ...

Bjito,
m.

Porca da Vila disse...

Olá Moriae,

Obrigada. Quanto aos desgovernos, as coisas vêm sendo piores de dia para dia.

Parece que voltámos mesmo aos anos sessenta, da PIDE e dos 'bufos'...

Um Xi da Porca

Pantera Cor-de-Rosa disse...

Parabéns!!!

Porca da Vila disse...

Olá 'Pantera',

Obrigada. Parece-me ser a tua primeira vez aqui pelo 'Braganzónia'. Pois que sejas bem-vindo! [ou bem-vinda, não sei!]

Um Xi da Porca

Retratos