A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

27 janeiro, 2008

Burros q’an nós Mándan

Se ls burros todos falássen
Cumo alguns que por ende ándan,
Talbeç inda ambergonhássen
Ciertos burros q’an nós mándan.

Fonso Roixo
[Publicado no 'Froles Mirandesas']




Talvez?!... Não! Envergonhariam certamente uma data deles. Muitos! Dos tais que mandam, dos tais que mentem, dos tais que roubam, dos tais que matam... Dos tais para quem os cidadãos não passam de números... De pulseiras coloridas...

20 comentários:

MPS disse...

Eu agarro-me ao "talbeç": os burros "q’an nós mándan" sabem o que é a vergonha?

Adorei a quadra, que não conhecia!

Um abraço.

Mocho-Real disse...

APOIADO!

VOZ AOS BICHOS, JÁ!

Abraço.

Carminda Pinho disse...

Concordo contigo.
Nunca me senti tão desumanamente tratada no meu País.

Bjs

Ka disse...

Sem dúvida alguma!!!

Este país vai-se enterrando alegremente :(

Um xi (não falemos de mais coisas tristes :/)

rendadebilros disse...

Riem-se muito... sem conhecerem o país que governam... nem as gentes...
Já me disseram que devíamos ter cuidado com o que dizíamos - sobretudo se formos funcionários públicos! - a isto chegámos...
Beijos. Boa semana.

Marreta disse...

Uma cambada de asnos. Nem para burros servem!
Saudações do Marreta.

Porca da Vila disse...

Olá MPS,

Vergonha, nem conhecem 'eles' nem, pelo que vamos vendo, o povo que os elegeu! Porque, ou as sondagens são mais manipuladas do que nunca, ou então é o próprio povo que já se acomoda e não reage... Ou estará então, infelizmente, cada vez mais... burro! Coisa que me custa um bocado a acreditar! Ou então serei eu que já não percebo nada disto! Veremos em 2009...

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Jorge,

O povo, os tais 'burros que por ende ándan', vão poder 'falar' em 2009... Espero que resolvam dar um valente coice nos outros, os tais 'q'an nós mándan'...

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Carminda,

Claro! Pois se somos diariamente tratados como... Burros! Pouco falta já para que em vez de urgências e hospitais, tenhamos que passar a ir ao... Veterinário!

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Ka,

Pois!... Como se isto não fosse já bastante, outros houve que se foram 'enterrar' em casa alheia... Só lhes faltou 'zurrar'... como os tais!

Um Xi... Envergonhado...

Porca da Vila disse...

Olá Renda,

Riem, mas pode ser que por pouco mais tempo... E talvez chorem, em 2009...

Um Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá Marreta,

Servir, não servem! Mas servem-se! E de que maneira!...

Um Xi Grande

Laurentina disse...

Ei ei...alto e para o baile Porca...que é lá isso de andares a insultar os burros?
Burro que é burro não mata , não rouba, não mente, não sabe numeros nem usa pulseira colorida.
Burro que é burro e que se presa come, caga e em alguns casos ate trabalha no duro.

Portanto essas coisas com duas pernas , um tronco,dois braços e uma bola no meio se fosse a ti e porque gosto muito de ti dou-te uma dica...podes chamar-lhes sei la ...montes de merda, asnos, intelejumências, filhos de puta, etc, etc, agora Burros é que não tem paciência amiga!!

Ah e ja agora adorei a quadra em Mirandês tou certa?!

Beijão grande

MPS disse...

Caríssima PV

Este povo foi sempre burro... de carga. Mas não estúpido! O problema é sempre o mesmo desde o liberalismo: "por onde escolher?". Revoltam-se-me as tripas, só de pensar no assunto!

De qualquer forma, as sondagens reflectem as percentagens de quem aceitou responder e há um dado que falta em todas elas: quantas pessoas se recusaram a participar?

Um abraço

Porca da Vila disse...

Laurentina,

Pois!... Dito dessa maneira... quem sou eu para dizer o contrário?!...

[A quadra é em Mirandês, sim!]

Xi Grande

Porca da Vila disse...

Olá MPS,

O problema da escolha vai acontecer de novo em 2009, pois as alternativas ao actual governo PS são muito fracas e é pouco provável que consigam ganhar força até lá. Resta esperar que não haja nova maioria absoluta, para que termine a actual arrogância cor-de-rosa.

Ouvi há pouco na rádio, quando vinha para casa, que os ministros da Saúde e da Cultura se demitiram. Que Deus os veja ir, especialmente o primeiro. Pena é que a ministra da Educação não tenha ido também com eles!

Um Xi Grande

Tortulhas disse...

Biba cochinica,

Cumo oubi amantar an burros eiqui, you nun podie faltar!

Beijico
Tortulhas

Porca da Vila disse...

Olá Tortulhas,

Fizeste bem! Não sei é o que quer dizer 'amantar'!...

Xi da Cochinica

Meg disse...

Não será albardar?

Sou eu, cheguei, amiga PV.
E onde me cheira a mirandês...

Estou de acordo contigo, mas definitivamente, não gosto de ver os burros, que até são umas alimárias dóceis, tão enxovalhados à custa daqueles... energúmenos (está bem assim, não está?)
Agora vou ao andar de cima.

Um xi pa ti

Porca da Vila disse...

Olá Meg,

É capaz de ser albardar, que de manta para albarda a diferença não é muita. Mas o 'Tortulhas' é que sabe!

Tens inteira razão quanto aos 'burros' e aos 'energúmenos'!... Quanto deram estes, ser inteligentes como os outros!...

[Fico cá a pensar por onde raio terás tu andado nestes últimos dias... Nem quero pensar que tenhas sido chamada à 'corte' para substituir o 'CdC'! HeHe!]

Xi Grande

Retratos