A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

22 outubro, 2007

Porreiro, pá!


Porreiro, pá!...




Porreiro, pá!...


Porreiro, pá!...

21 comentários:

MPS disse...

Porreiro, pá!

Se eles soubessem o que é uma porra dizia-lhes, tal como se grita aí no "casamento das belhas":

- "E o que le queres dar de dote?
- A porra do burro p'ra fazer um sobiote!"

Ah! É verdade! Os tais 2,1% de proposta de aumento para a função pública correspondem, exactamente, ao mínimo necessário para aumentar os impostos sem ter que mexer nos escalões do IRS. Parece que tais senhores só adormecem quando é preciso olhar para a pobreza!

Um abraço para si

Rui disse...

"Porreiro pá...lermas!"
País de imbecis que se embevecem com o êxito dos outros ao ponto de se esquecerem dos próprios índices de pobreza. Fazem lembrar quem usa os sapatos impecavelmente engraxados e brilhantes e tem buracos nas solas em que cabe um dedo.

E agora algo completamente diferente:
Tinhas razão quanto à Rua dos Clérigos.

Bj.

Meg disse...

What a Wonderfull World e o Armstrong aqui, Porca? Só pode ser piada, minha amiga, porque de wonderfull este país não tem nada.

Eles querem fazer-nos o mesmo que o inglês fez ao burro... ver se deixamos de comer... de vez!

Não há humor que resista!!!

Um xi pa ti

aDesenhar disse...

Este Sócretino prometeu muita coisa, alem do referendo ao tratado e não subir os impostos, etc ... faz questão de bater o recorde do guinesse como o 1º ministro mais mentiroso que alguma vez passou pela Tugalândia!
Ainda bem que não prometeu subir o salário mínimo, porque nesta altura do campeonato, estava reduzido a uma ninharia!

aDesenhar disse...

ops...

Porreiro, pá!...

Marreta disse...

Bem, essa do Sapateiro aumentar o salário minimo para aqueles valores só vendo depois das eleições. Se for como o Sócrates...
No entanto, mesmo que não aumente para uma diferença tão grande, o que é facto é que existe já um grande fosso entre o salário minimo espanhol e o nosso e a tendência provavelmente será para aumentar.

Saudações do Marreta.

Laurentina disse...

Caragoooooooo porreiro pá ...

Beijão grande

Carminda Pinho disse...

Então Porca!
Não é de admirar. Isto é o nosso nacional porreirismo!!!

Beijos

Porca da Vila disse...

MPS,

Contas, sabem eles fazer! Nunca dão nada que não vão logo 'recuperar' por outras vias!

Finos... como 'sobiotes'!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Rui,

É a política do penacho e da engorda, entre outras coisas, do ego desmesurado do sr. Sócrates, que já mostrou sobejamente que se está nas tintas para o Povo que o elegeu!

Esperemos por 2009...

Um Xi da Porca
[Dos Clérigos tinha quase a certeza, pois morei alguns anos perto dali na década de 70]

Porca da Vila disse...

Olá Meg,

Da música, não tenho culpa, pois 'aquilo' é tipo rádio e dá o que quer quando lhe apetece! [às vezes nem dá nada!]

Pois, a história do burro do inglês!... Já muitas vezes a associei às políticas deste governo. Acho que estão a querer fazer-nos o mesmo. Tudo a bem da nação e das malditas contas públicas.

Só 'eles' é que se acham no direito de comer sempre o mesmo fardo de palha! Pois que se encham dela!...

Um Xi da Porca

J.G. disse...

Porreiro, pá, lá enganámos mais uns!...

Cherne com bechamel, o que havia de dar?!...

Abraço de um Braganzoníndio.

Porca da Vila disse...

aDesenhar,

O sr. Sócrates come muito queijo... Por isso esqueceu tão depressa as promessas feitas ao Povo! Para além de ter o péssimo hábito de mentir, claro!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Marreta,

Em Espanha costumam cumprir o que prometem. É que para além de serem mais honestos, o povo espanhol não é propriamente dócil como o português!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Laurentina,

Porreiro, para 'eles'! Que nós não passamos de números quando há eleições!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Olá Carminda,

Pois! O problema é que nem sempre o que é nacional é bom!... Para além de que o Povo não se governa com porreirismos...

Um Xi da Porca

Sofia Bochmann disse...

Porreiro, mesmo!

Continuo à espera do cumprimento das promessas!...

Um Xi, também para ti!

Porca da Vila disse...

Jorge,

Porreiro, porreiro, era se fossem os dois com os ciganos para um sítio que eu cá sei!...

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Sofia,

Promessas?! AhAh!... Acho que o melhor é esperarmos sentadas! Mas pelas novas promessas que vão fazer em 2009... que das últimas já nem se lembram!

Um Xi da Porca

Ka disse...

Este post está porreiro ...pá! lol

Já sei ja sei que me repito mas acredita que ainda tentei resistir a pôr este comentário mas foi mais forte do que eu...hehe

Um xi da ka

Porca da Vila disse...

Ka,

Porreiro, pá!

Esta vai fazer parte do anedotário português por uns anos! Se bem que não se está a ver muito bem em que é que este porreirismo todo vai contribuir para o bem-estar do Povo deste país! Eu, pelo menos, não vejo!

Um Xi da Porca

Retratos