A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

11 outubro, 2007

Estudos...

"Em Espanha, as crianças vão passar a ter consultas dentárias gratuitas, no âmbito de um programa negociado pelo governo central e comunidades autónomas. Foi ainda aprovada a vacina gratuita contra o colo do útero.

O programa negociado entre o governo e as comunidades autónomas prevê que, até 2012, todas as crianças até aos 15 anos tenham acesso gratuito ao dentista."


in ' TSF Online '

"O Governo espanhol prepara-se para comparticipar na íntegra a vacina contra o colo do útero e ainda garantir consultas dentárias gratuitas a todas as crianças.

Por cá, o ministro da Saúde, Correia de Campos, está a estudar a comparticipação desta vacina, mas qualquer medida só será anunciada depois de conhecido o Orçamento de Estado. A partir de segunda-feira, Portugal disponibilizará no mercado uma nova vacina contra o vírus do papiloma humano. No entanto, o seu custo ultrapassa os 400 euros."





Espanha anda [sempre] para a frente. Portugal, não sai da cepa torta!...

Em vez de decisões, não se passa de estudos e mais estudos que raramente chegam ao fim!...


18 comentários:

MPS disse...

Cara PV

Se são vacinas contra o colo do útero, as espanholas façam o favor de as tomar. Cá por mim prefiro as vacinas contra o cancro no dito cujo!

Queira desculpar a brincadeira de mau gosto, mas ultimamente só com risos é que consigo encarar os assuntos de saúde.

Um abraço

Meg disse...

Pronto, a MPS tirou-me as palavras do teclado.
Claro que foi um lapso na TSF e repetido, pelos vistos, pelo CM.
Raio de jornalistas!

Vacina contra o colo do útero!!?!?!

Até nisto, se vê a importância que a saúde merece!

Um xi pa ti

Porca da Vila disse...

Mps,

Também me ri, mas com medo de que alguém me pudesse vir a processar, achei que não devia alterar uma vírgula que fosse do texto original das notícias!

É inadmissível tamanho erro por parte de quem faz da escrita uma profissão!

Quanto ao resto, querida amiga, brinque quanto possa. Como dizem em Espanha, 'al mal tiempo, cara al viento'!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Meg,

É a incompetência de muito jornalista feito à pressa que por aí anda! Então nas edições impressas dos jornais até mete dó!

De qualquer forma, interessa é que a tal vacina, aqui vai custar 400 euros. Em Espanha, vão tê-la a custo zero!

Um Xi da Porca

sveronica disse...

Isso de Portugal parece Brasil, embora aqui se tenha tratamento dentário nas escolas públicas em alguns estados e toda a vacinação é gratuita.

beijinhos

Menina do Rio

Ka disse...

lol também ia dizer uma coisa do género mas como já está referido penso que o mais importante é mesmo vermos que neste país os importos servem para enriquecer quem está no governo e mai nada!!! E agora venham e processem-me...

A verdade é que vejos anos após anos eles a entrarem e passados uns mesitios, coisa pouca, começa a engorda ( e este tem-se mantido pelo seu jogging mas também é o única pois observemos o resto do staff e a coisa já e´mais evidente, e depois de terem espremido bem, lá vêm eles embora a dizerem que tem a sensação de missão cumprida.

Embora suspeite que este último queira aquecer a cadeira por muitos e bons anos... vejamos o que o futuro nos reserva.

Um xi da ka

Porca da Vila disse...

Veronica,

Aqui a vacinação é gratuita, mas apenas aquela que é obrigatória. A restante não é.
Quanto a tratamento dentário gratuito, não há para ninguém! E como por cá isso é absurdamente caro, como praticamente todos os serviços de saúde, quem não tiver dinheiro não tem outro remédio senão ver os dentes da garotada caírem de podres!

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Ka,

Por isso se diz que a 'merda' é sempre a mesma. O que vai mudando são as 'moscas'!

Um Xi da Porca

Meg disse...

Não temos dentistas mas temos a 4ª maior igreja da Europa ou do Mundo!!! Que queres mais, rica Porca?
Reza para não se te estragarem os dentes... olha não comas, ora!
Hoje estou assim! Mas não é contigo!

Um xi pa ti

Moriae disse...

é absolutamente impressionante. e com os comentários anteriores está tudo comentado ... o que é que podemos fazer? quanto tempo seremos capazes de resistir, os poucos de nós que ainda pensam e lutam?

bjo querida amiga

Marreta disse...

É por essas e por outras que a debandada para Espanha é diária.

Mas mesmo assim continuo a querer ser português em vez de espanhol.

Saudações.

Porca da Vila disse...

Meg,

Deixa lá. Não vale a pena a gente ralar-se muito. Também com a merda de ordenados que temos, para que é que os garotos precisam ter bons dentes!...

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Moriae,

Começa a ser difícil aguentar tamanho desprezo por um Povo que paga impostos como num país rico e evoluído, e é tratado como num país pobre e atrasado... [Que no fundo é o que realmente somos...]

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Marreta,

Por tudo o que se passa cá e lá, há muito que tenho dúvidas acerca disso!

Um Xi da Porca

J.G. disse...

Chego atrasado. Já duas pessoas disseram o que ia dizer.

Um abraço, amiga.

Porca da Vila disse...

Jorge,

Não há pressa. O senhor ministro ainda está a 'estudar' o assunto...

Um Xi da Porca

Rui disse...

Diria, se o assunto não fosse tão sério, que é de ficar de boca aberta!

Bjs
Rui

Porca da Vila disse...

Rui,

Muito sério. Nesta matéria o Governo não está interessado em ocupar os primeiros lugares na Europa...

Um Xi da Porca

Retratos