A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

14 maio, 2007

Trinta e um... a Zero!



Não recordo qual tenha sido o resultado deste jogo disputado no velho 'Estádio' do Toural entre o Desportivo de Bragança e o FC Porto, numa eliminatória da Taça de Portugal, em meados dos anos 50.

Recordo é ouvir dizer aos mais velhos que o 'Desportivo', apesar de derrotado, se havia batido galhardamente. Com 'armas' muito desiguais... desde o péssimo estado do 'relvado' à notória falta de condições para a 'numerosa' assistência instalada na 'bancada'...

Contam ainda os 'velhos' que no segundo jogo, creio que disputado já no então novíssimo Estádio das Antas, o resultado terá sido um histórico 31-0. A favor do... FC Porto.

Bons tempos... Que jeito não dariam no último jogo da época ao 'FêQuêPê' aqueles 31...

[dedicado, com um Xi azul, à 'Ka', do 'Blog da Ka']

8 comentários:

Ka disse...

Ai Porca,

Estou comovida por tal lembrança (snif, snif) Obrigada!

Olha, davam jeito, davam!... que este treinador é impróprio para cardíacos!! só faltava perdermos o campeonato em casa no próxim fim de semana!!

Obrigada Porca
Um grande Xi com direito a beijinho

Porca da Vila disse...

Olá Ka,

O diabo seja surdo!...

Outro Xi azul

JPG disse...

VIVA o DESPORTIVO de BRAGANÇA!

Quanto ao oscarino, agora deu em alternadeira? Mas pronto, fica bem!
Isto está mau... a vida é dura...

Um abraço.

Ka disse...

Olá Porca,

Desculpa não tinha visto o Xi da nossa cor...lol

Um Xi Azul para ti também :))))

Tens de combinar um post conjunto para festejar..hehe

Jorge, um abraço azul...hehe

Porca da Vila disse...

Jorge,

Naquela época, no 'Desportivo', era tudo por amor à camisola. Sempre ouvi dizer que os 'atletas', tudo amador cá da terra, pagavam do próprio bolso as chuteiras que calçavam. Nada a ver com os clubes do Porto e Lisboa. E menos ainda com os tempos de hoje.

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Olá Ka,

Cuidado que o Jorge não vai muito no azul. Se não me engano, é mais virado para o verde...

Quanto ao 'post' e aos festejos, vamos com calma, que a 'coisa' está complicada!

Outro Xi [azul, pois claro]

Rendadebilros disse...

Porque falaste numa certa cor azul, levaste-me até à KA... e fizeste muito bem.

Beijos.

Porca da Vila disse...

Olá RendaDeBilros,

Também Azul? É uma cor muito bonita...

Um Xi da Porca

Retratos