A Reserva

Encravada entre a província portuguesa de Trás-os-Montes e a província espanhola de Zamora [Castilla y León], a região da Braganzónia [Braganza+Amazónia] é considerada, como sempre foi pelo Poder [monárquico ou republicano] de Lisboa, uma autêntica Reserva de Índios, reconhecida por qualquer viajante esclarecido como das mais atrasadas da Europa.

Atrasada, abandonada, desprezada, quase renegada e indesejada!

E não poucas vezes espoliada do pouco que já lhe resta para além da genica, do orgulho e da dignidade dos que nela vão sendo ignorados!

Para os Senhores do Poder, a Braganzónia foi sempre um empecilho que apenas dá despesa, poucos impostos e quase nenhuns votos!

Que os interessou apenas enquanto foi preciso recrutar mancebos fortalhudos, habituados à fome e à porrada, para mandar às guerras de África!

A reserva abrange actualmente 106 tribos, agrupadas em 49 zonas de caça dispersas por uma área de 1.173 quilómetros quadrados.

Eram 34.752 os índios que ocupavam esta vasta área em 2001 [trinta por quilómetro quadrado].

Algumas dessas tribos, as da metade Norte da reserva, desde a fronteira espanhola até aos velhos trilhos que ligam Braganza [a tribo maior] à zona Leste de Vinhais [reserva irmã da Braganzónia] e à zona Oeste de Alcañices [reserva espanhola pouco menos desprezada por Madrid], foram há uns anos atrás, sem para tal serem ouvidas e contra-vontade, integradas no Parque Natural de Montesinho.

Transformando-lhes o quotidiano num verdadeiro inferno porque, entre outras coisas, lhes não é sequer permitido cortar livremente a lenha de que são donos para manter o fogo que lhes aquece o corpo durante o Inverno. Que na Braganzónia é rigoroso, faz doer as unhas e gelar os rios!

Agora, cada índio tem que [muito respeitosamente] solicitar aos Senhores do Parque o especial favor de uma autorização para cortar meia dúzia de paus que mal chegam para os gatos tirarem o frio do lombo!

Melhor fora que o tal Poder os abandonasse de vez à sua sorte para livremente poderem decidir o futuro!

07 dezembro, 2006

Pura Bondade


Foi com espanto que fui dar aqui, no 'Braganza Mothers', com a inclusão do 'Braganzónia' numa votação do 'Arrebenta' para os melhores blogs de 2006. Considerando ele o 'Braganzónia' o melhor blog colectivo!
Já agradeci lá no 'Braganza' e não resisti a publicar aqui o sucedido.
Como lá deixei dito, puro excesso de bondade do 'Arrebenta'. Que, para quem não sabe aqui na Reserva, é o escriba-mor no 'Braganza Mothers'.
Devo aqui honestamente dizer que há por aí montes de blogs que mereceriam certamente, com mais justiça, o voto dado ao 'Braganzónia'.

Aqui fica um Xi Coração para o Arrebenta.

10 comentários:

G.R. disse...

Muitos parabéns!
Só não percebi essa do blog colectivo?
Nos últimos tempos os seus camaradas de blog não se têm aplicado muito.
Mais uma vez parabéns e força com o "Braganzonia"!

Porca da Vila disse...

GR,

Essa do 'blog colectivo' não terá tanto a ver com a quantidade, qualidade ou assiduidade dos 'convidados' [que aqui tem sido um desastre], mas com outros factores que só o Arrebenta poderá explicar.
Eu própria tenho tido ultimamente pouco tempo disponível para estas coisas. Com pena minha!
Força também com o seu 'Escudo'!

Xi da Porca.

Poço do Rei disse...

Felicito-te pela tua honradez!
Na verdade, o Braganzónia, não é minimamente merecedor de tal citação.
Se fosse vivo, o Carlinhos da Sé faria muito melhor.

Porca da Vila disse...

'Poço do Rei'.


A tal 'citação' diz respeito apenas a quem a fez.
Tanto sei quem tu és, como sei quem é o 'Arrebenta' do 'Braganza Mothers' que votou o 'Braganzónia'.
Mas uma coisa me parece que sei. O 'Arrebenta' escreve bem como o diabo. Tu vieste aqui e em duas linhas não conseguiste mais do que escrever asneiras.
Pelo nome com que te identificas ou és da Cidadela [coisa que duvido] ou deves ter passado por lá alguma vez e o nome ficou-te no ouvido.
Outra coisa também sei, o 'Braganzónia' vale o que vale mas existe e está na web à disposição de qualquer um que por lá passa. Para gostar ou não. Ao contrário de ti, que não tendo um blog em actividade, sujeito à crítica dos restantes, te remetes à cómoda posição de criticar simplesmente por onde passas.
Já agora, devo dizer que a alusão à capacidade do Carlinhos da Sé relativamente a alguém que não conheces são uma estupidez rematada!
O Carlinhos da Sé [que não sei se conheceste] era um pobre diabo que conheci muito bem e cujo nome, por ser popular na época e no lugar, usei recentemente para criar um outro blog chamado 'Praça da Sé' [que talvez desconheças] que me serve apenas, sem a pretensão de ir a lado algum, para testar o novo BloggerBeta sem correr o risco de danificar o 'Braganzónia'.

Fica bem

Kaos disse...

Se o Arrebenta vos escolheu é certamente porque pensou que mereciam. Ele não é muito de fazer favores. Parabens pela nomeação e um grande abraço para toda a equipa.

Jorge P.G. disse...

Porca da vila,

Essa coisa dos melhores e dos piores é algo que me passa completamente ao lado.
Agora, se foste escolhida por alguns, não é de certeza por teres andado adistribuir presentes de Natal antecipados...

Os meus parabéns e...a caravana vai passando!

um abraço
Jorge G - O Sino da Aldeia

P.S.- Boa guitarrada aqui se ouve!

Porca da Vila disse...

Kaos,

Grata pela visita. Isto de votos e nomeações, nos blogs ou fora deles, não é para o meu feitio, nem eu tinha conhecimento que estivesse em curso qualquer coisa do género.
Por isso, e também pela reduzida vida e visibilidade do Braganzónia, fiquei realmente de boca aberta quando por acaso descobri o post do 'Braganza' com a votação do Arrebenta. Do que ele se foi lembrar!
Estas coisas acabam quase sempre por arrastar dores de corno e de cotovelo por parte de pessoas [que não conheço nem me conhecem a mim] como este 'poço do rei' que por aqui passou ontem.

Um Xi da Porca

Porca da Vila disse...

Jorge,

É como dizes. Há que deixar ladrar os cães até se fartarem...
Ainda bem que gostaste da 'guitarrada'. Sinal de que tens bom gosto. Vou tentar mudar no máximo cada dois dias, desde que tenha disponibilidade.
Também tenho ouvido o Adriano lá na tua 'aldeia'. Com saudade, pois em 74 [no Porto] fiz eu 20 anos três dias depois do 25/Abril, e a música do Adriano era da que mais passava na rádio. Bons tempos...

Um Xi da Porca

Independente disse...

Ó Porca, que é feito do Poço do Rei??
Não te chateis tanto. Isso pode fazer-te mal ao figado!
Devia ser algum narro que te queria aborrecer.
Oxalá tenhas um Santo Natal.
Pela música, dá para entender que és provavelmente um bom cristão!

Porca da Vila disse...

Independente,

Grata pela tua visita.
Um Bom Natal para ti também.

Um Xi da Porca

Retratos